Como fotografar um recém-nascido

Quando a hora do parto finalmente chegar, seu papel principal será o de ajudar a sua parceira no que for possível. Com um pouco de organização, no entanto, você vai conseguir também registrar em fotos esse dia tão especial na vida de vocês. Veja a seguir as dicas de dois pais que sãos fotógrafos profissionais, […]

Quando a hora do parto finalmente chegar, seu papel principal será o de ajudar a sua parceira no que for possível. Com um pouco de organização, no entanto, você vai conseguir também registrar em fotos esse dia tão especial na vida de vocês.

Veja a seguir as dicas de dois pais que sãos fotógrafos profissionais, James Pike e Graham Watts, de como tirar as melhores fotos para eternizar estes primeiros momentos do bebê.

Esteja preparado: Quando a data do parto se aproximar, verifique que sua máquina está com a bateria carregada e que tem espaço na memória. Se o equipamento for novo, dedique um tempinho antes para conhecê-lo. Tire fotos para praticar em um espaço em que a luz seja parecida com a que terão na maternidade (muito provavelmente, a iluminação será fluorescente).

Faça pesquisa: Veja fotos de outros recém-nascidos. Do que você mais gostou? O que não deu certo? Fique atento a estes detalhes e procure se lembrar deles na hora H.

Desligue o flash: Quando você estiver na sala de parto, provavelmente não terá luz natural, que é sempre melhor porque tira o brilho da pele das pessoas, tornando-as mais bonitas. Mesmo assim, terá luz suficiente para fotografar sem flash e não assustar o seu bebê, que terá acabado de sair do escurinho da barriga.

Chegue perto: Concentre-se nos detalhes. Tire fotos do rosto todo enrugado do seu filho, de suas pequenas mãos, da orelhinha. Em poucas semanas você não vai nem acreditar como ele era pequeninho quando nasceu.

Opte pelo colorido: Se você fotografar tudo colorido, sempre terá a opção de converter as fotos que quiser para preto e branco depois. A opção de transformar a foto em preto e branco acaba dando um efeito mais atemporal às imagens. E também é positiva com sua mulher, que terá passado pelo grande esforço do parto e poderá estar com o rosto todo vermelho e manchado. O preto e branco costuma dar um tom mais suave à pele. Mas primeiro faça a foto em cor e depois decida qual versão fica melhor.

Conte a história toda: Comece a fotografar dias antes do parto. Tire fotos do barrigão da sua mulher, do quarto do bebê vazio, das coisas prontas esperando a chegada do novo membro da família. Depois, registre a ida ao hospital, a fachada do local, a sala de parto, os médicos, os visitantes. Tudo servirá para posteriormente compor uma narrativa completa, num lindo álbum para a posteridade.

Use o telefone com qualidade: Alguns modelos de telefones hoje em dia contam com câmeras excelentes, outros nem tanto. Para que você obtenha o melhor resultado com o seu, comece checando se as lentes estão limpas. Elas podem facilmente ficar cobertas de impressões digitais ou de sujeira da sua mala ou bolso.

Se o telefone tiver opções de resolução para as fotos, escolha a de maior resolução. O único problema é que vai demorar mais tempo para mandar as fotos direto para amigos e parentes. Se você tiver a possibilidade de fazer o download de algum aplicativo de fotografia no seu telefone, vale a pena. Só teste antes do dia do parto para saber exatamente como ele funciona.

Uma boa maneira de testar a câmera do telefone é tirando fotos e imprimindo-as depois. Caso o resultado não seja satisfatório, você terá tempo de usar uma máquina de verdade ou de pedir uma emprestada para algum conhecido.

Capriche na composição: Pense em como vai montar a foto, ou seja, como ficará o enquadramento. Veja se o fundo não está poluído demais com pessoas, objetos, bagunça e partes de móveis que você não quer mostrar. Chegue mais perto ou aproxime o zoom. Evite objetos verticais, como batente de porta ou luminárias, que parecem sair da cabeça de alguém!

Não se esqueça de que você pode usar o computador para editar as fotos depois. Muitas vezes um simples corte de uma parte faz enorme diferença na imagem final.

Vire a máquina: Não se restrinja a segurar a câmera do jeito tradicional para fotos de paisagem. Tente virá-la 90 graus para obter imagens verticais.

Mantenha a naturalidade: Evite fazer com que sua parceira faça poses para as fotos com o bebê. As melhores fotografias geralmente acontecem quando mãe e filho estão naturais e relaxados. Experimente tirar fotos enquanto o bebê está dormindo ou quando sua mulher e seu filho estão simplesmente se olhando.

Entre na foto também: Não se esqueça de se incluir em algumas das fotografias. Uma das enfermeiras certamente terá um minutinho para tirar fotos de vocês todos juntos. Outra possibilidade é aproveitar se sua máquina tiver um timer e posicioná-la em alguma superfície reta.

Reserve algumas fotos só para vocês: As muitas fotos do parto serão uma lembrança inesquecível para você e sua mulher, mas não necessariamente precisam passar pelas mãos de todos os seus conhecidos. Tenha cautela com o que você vai compartilhar por email, porque muitas vezes fotos são repassadas e publicadas em redes sociais. Preserve a intimidade da sua família, e peça à sua mulher que aprove as fotos em que ela aparece, antes de mandar para todo mundo.

Para mais detalhes (em inglês) e fotos do trabalho dos fotógrafos, veja os site de James Pike e de Graham Watts